Fale Conosco pelo MSN ou Skype

 28 DE MAIO DE 2018

Email
HOME
QUEM SOMOS
Capacitação
Consultoria
PESQUISAS
NOTÍCIAS
Editorial
Destaques
Artigos / Entrevistas
Logística
Trânsito
Multimodalidade
Empresas
Comex - Mundo
Economia
Mercosul / Cone Sul
Tecnologia
Política
Legislação
Eventos e Cursos
Agência Intelog
ASSINE GRÁTIS
TODAS EDIÇÕES
INTELOG WIDGET
INTELOG TICKER
RSS
Entre em Contato
Tornar página inicial
Adicionar aos favoritos
Mapa do Portal
Recomendar
Imprimir esta página
Translate This Page

  Tempo



 

  Ferramentas

Calcule o tempo e as rotas para sua viagem
Show My Street - Passeio virtual pelas ruas do mundo
Flightradar 24 - Tráfego Aéreo em Tempo Real
Dados e Informações de Todos os Países do Mundo - IBGE
Veja a hora em tempo real no mundo todo - TimeTicker.com
Leia jornais de todo o planeta - Newseum.org

  28/05/2018   Muito caminhão para pouca carga, a origem da crise - Recente pesquisa do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT) mostra ...     27/05/2018   Conta de luz terá bandeira vermelha 2 em junho, nível mais caro, diz Aneel - As contas de luz dos brasileiros vão ficar mais caras em jun...     27/05/2018   Desabastecimento causado pelo bloqueio de rodovias: a solução é investir em diversidades modais - Hoje (24), completa quatro dias da para...     27/05/2018   O público não cabe mais no privado - Em carta a sócios, a Sociedade Rural Brasileira (SRB) avalia como justa a mobilização dos caminhonei...     27/05/2018   Airbus obedece decisão da OMC sobre subsídio, mas espera que Boeing também sofra revés - A Airbus informou nesta terça-feira que tomou me...     27/05/2018   China reduz tarifas de importação de automóveis, impulsionando BMW e Tesla - China reduzirá drasticamente as tarifas de importação de aut...     27/05/2018   Greve dos caminhoneiros atinge setor supermercadista, diz Abras - O setor supermercadista já começa a sentir em alguns Estados os efeitos...     27/05/2018   Porto de Paranaguá é o mais atingido pela paralisação de caminhoneiros - Segundo noticiado pelo O Estado de S.Paulo, os principais portos...     27/05/2018   Obras na BR-459 em São Paulo serão retomadas - Na última terça-feira (22/05) foi suspensa a liminar concedida pela 24ª Vara Cível de Guar...     27/05/2018   ANTAQ participará da 1ª Rodada de Debates sobre o Setor Portuário e Marítimo promovido pela OAB/DF - A Comissão de Direito Portuário e Ma...  
Translate to EnglishTraducir al EspañolÜbersetzung der Deutschen意大利語翻譯Traduit en FrançaisTraduci in Italiano

Clique para ampliar

16/05/2018

BAIXAR IMPOSTOS PARA O BRASIL CRESCER!

Artigos / Entrevistas

Translate to EnglishTraducir al EspañolÜbersetzung der Deutschen意大利語翻譯Traduit en FrançaisTraduci in Italiano

Nota

?

0 votos

Só quem pode tirar os 13,7 milhões de desempregados dessa situação degradante é o setor privado. Porém, hoje, a iniciativa privada e os próprios cidadãos estão sufocados por uma das maiores cargas tributárias do mundo. Empresas que pagam impostos em excesso não têm lucro. Com isso, não crescem e não contratam novos colaboradores. Já os impostos cobrados pelo "bem dos trabalhadores" em nada os beneficiam.

Se um funcionário tem um salário de R$ 2 mil, a empresa acaba pagando R$ 4 mil com os encargos sociais. Qualquer trabalhador preferiria receber diretamente R$ 4 mil e fazer o que quisesse com esse valor, incluindo pagar um plano de saúde decente e um plano de aposentadoria privado, do que ficar com apenas R$ 2 mil no bolso e cedendo outros R$ 2 mil para o governo oferecer os vergonhosos serviços de saúde do SUS e uma aposentadoria cujo valor ofende a dignidade humana.

Os percentuais de impostos precisam, urgentemente, diminuir. Só com menos impostos as empresas poderão progredir, crescer e gerar mais empregos. Só empresas privadas lucrativas podem pagar melhor seus funcionários e ainda pagar mais impostos para o governo, mesmo se o percentual cobrado for mais baixo. Esse fato é realidade nos Estados Unidos, que crescem aceleradamente e gerando mais empregos, graças ao presidente Trump, que baixou, significativamente, os impostos de empresas e cidadãos.

Com isso, as empresas privadas americanas estão voltando a crescer, pois, pagando menor percentual de impostos, sobra mais dinheiro para investimentos, para inovações e para contratar novos funcionários. E, de sobra, a receita do governo está aumentando, apesar de os percentuais cobrados serem menores do que antes! O governo apenas apostou que empresas que crescem retornam aos cofres do governo valores maiores do que quando estão estagnadas. E que, cobrando menos impostos do cidadão comum, ele terá sobras no seu orçamento e vai consumir mais. É o ciclo positivo da economia, o contrário do que temos hoje no Brasil.

Por isso, prego que os governos baixem os impostos imediatamente. Mas essa mudança só vai acontecer no exato instante em que tivermos no poder não mais governantes, mas sim estadistas, que pensem no bem do povo muito mais do que pensam no caixa dos seus governos falidos.

 

Por Zero Hora - RS - DANIEL TEVAH

 

Qual a sua avaliação?

0 Comentários - Faça o seu comentário

Voltar

Compartilhar

Clique para ampliar

Leia Também

Mobilidade do futuro pede esforço coletivo

Preço é o maior impeditivo do carro elétrico

Colaboração na cadeia automotiva é o caminho para a competitividade

Pneus evoluem tanto quanto os carros

A enorme capacidade de tolerância dos pobres provém da sua ignorância das alternativas

Muito caminhão para pouca carga, a origem da crise

Conta de luz terá bandeira vermelha 2 em junho, nível mais caro, diz Aneel

Desabastecimento causado pelo bloqueio de rodovias: a solução é investir em diversidades modais

O público não cabe mais no privado

Airbus obedece decisão da OMC sobre subsídio, mas espera que Boeing também sofra revés

Mais...

 

Este site possui suporte ao formato RSS



Notícias em Tempo Real

   

Google
Pesquisa personalizada

       

 Powered by CIS Manager - Desenvolvido por Construtiva

Intelog - Inteligência em Gestão Logística