Fale Conosco pelo MSN ou Skype

 19 DE AGOSTO DE 2018

Email
HOME
QUEM SOMOS
Capacitação
Consultoria
PESQUISAS
NOTÍCIAS
Editorial
Destaques
Artigos / Entrevistas
Logística
Trânsito
Multimodalidade
Empresas
Comex - Mundo
Economia
Mercosul / Cone Sul
Tecnologia
Política
Legislação
Eventos e Cursos
Agência Intelog
ASSINE GRÁTIS
TODAS EDIÇÕES
INTELOG WIDGET
INTELOG TICKER
RSS
Entre em Contato
Tornar página inicial
Adicionar aos favoritos
Mapa do Portal
Recomendar
Imprimir esta página
Translate This Page

  Tempo



 

  Ferramentas

Calcule o tempo e as rotas para sua viagem
Show My Street - Passeio virtual pelas ruas do mundo
Flightradar 24 - Tráfego Aéreo em Tempo Real
Dados e Informações de Todos os Países do Mundo - IBGE
Veja a hora em tempo real no mundo todo - TimeTicker.com
Leia jornais de todo o planeta - Newseum.org

  19/08/2018   Internet das Coisas para Logística em debate - A Noruega cada vez mais investe no Brasil e a Tecnologia é uma das áreas de interesse. Há ...     19/08/2018   Parte I - Ruínas do Valongo - A missão - Lá se vão mais de 125 anos desde que o primeiros metros de cais do Porto Organizado de Santos re...     19/08/2018   A Arca de Noé do século XXI - A falsa polêmica sobre existir ou não mudança do clima no planeta é assunto que já aborrece os especialista...     19/08/2018   Conexão Caxias – século XXI - Mobilidade e conectividade são critérios essenciais para avaliar a qualidade de vida que uma cidade proporc...     19/08/2018   Greve dos caminhoneiros deixou bomba-relógio. Qual presidenciável vai desarmá-la? - Paralisação de maio escancarou a dependência do Brasi...     19/08/2018   A imprensa precisa fomentar discussões de políticas públicas de transporte com nossos candidatos - Vejo todos os dias notícias sobre tran...     19/08/2018   Trem do serviço turístico Rio-Minas chega a Três Rios - Nesta quarta-feira, 15 de agosto, chegou a cidade de Três Rios o Trem Turístico R...     19/08/2018   Workshop “Redução de custos na logística – Transporte marítimo e portos” - O Portogente realiza em São Paulo, no próximo dia 5 de setembr...     19/08/2018   China vai investir mais US$ 10 bi em ferrovias para estimular economia - PEQUIM – Pequim planeja aumentar os gastos com a construção de f...     19/08/2018   MRS Logística lança cartilha de prevenção de acidentes ferroviários - A empresa MRS Logística S.A está distribuindo cartilhas aos pedestr...  
Translate to EnglishTraducir al EspañolÜbersetzung der Deutschen意大利語翻譯Traduit en FrançaisTraduci in Italiano

Clique para ampliar

09/08/2018

Taxa extra na conta de luz deve durar até novembro, diz ONS

Economia

Translate to EnglishTraducir al EspañolÜbersetzung der Deutschen意大利語翻譯Traduit en FrançaisTraduci in Italiano

Nota

?

0 votos

Folhapress

A estiagem prolongada deve demandar a cobrança de taxa extra na conta de luz até o fim do chamado período seco, no final de novembro, afirmou ontem o diretor-geral do ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico), Luiz Eduardo Barata.

Segundo ele, o mês de julho teve o pior nível de chuvas da série histórica, iniciada em 1931, e não houve melhora no início de agosto. Sem chuvas, o ONS é obrigado a acionar usinas térmicas, que são mais caras.

O custo das térmicas já vem sendo pago pelo consumidor desde maio, quando foi acionada a bandeira amarela, que acrescenta à conta de luz R$ 1,00 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos. Desde junho, começou a vigorar a bandeira vermelha nível 2, de R$ 5,00 a cada 100 kWh Em palestra realizada ontem na conferência Brazil Windpower, Barata disse esperar que a bandeira tarifária vermelha nível 2 fique em vigor até o fim do período seco, em novembro.

A decisão sobre qual bandeira acionar é tomada mensalmente pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica). Segundo o ONS, até as 11h45min de ontem, as térmicas representavam 21,5% da energia gerada no País.

Diante da seca, há usinas a diesel e óleo combustível, mais caras e poluentes, em operação. A previsão do ONS é que os reservatórios do Sudeste e Centro-Oeste cheguem ao fim de novembro com, no máximo, 20% de sua capacidade.

O valor é semelhante ao registrado no mesmo período do ano anterior, mas é metade do projetado no início de 2018. No Nordeste, com as restrições da vazão no rio São Francisco, a situação deve melhorar: a expectativa é que os reservatórios atinjam, no fim de novembro, 30% da capacidade, bem acima dos 5,5% do mesmo período do ano anterior.

A Região Nordeste tem sido beneficiada também pela expansão da capacidade de geração eólica, que chegou a responder por 72% da demanda local no dia 23 de julho, um recorde desde que o setor começou a operar no Brasil.

Atualmente, de acordo com o diretor-geral do ONS, o Nordeste está exportando energia para outras regiões.

 

Por Jornal do Comércio - RS

 

Qual a sua avaliação?

0 Comentários - Faça o seu comentário

Voltar

Compartilhar

Clique para ampliar

Leia Também

Leilão da Amazonas Energia é remarcado para 26 de setembro

Redução em tarifa de pedágio na BR-040 começa a valer a partir de hoje

Antaq deve mudar sistema usado para reajustar tarifas

Petrobras vê risco de desabastecimento de diesel com nova fórmula proposta por ANP para subsídio

ANP aprova pagamento de subsídio ao diesel a mais duas empresas

Internet das Coisas para Logística em debate

Parte I - Ruínas do Valongo - A missão

A Arca de Noé do século XXI

Conexão Caxias – século XXI

Greve dos caminhoneiros deixou bomba-relógio. Qual presidenciável vai desarmá-la?

Mais...

 

Este site possui suporte ao formato RSS



Notícias em Tempo Real

   

Google
Pesquisa personalizada

       

 Powered by CIS Manager - Desenvolvido por Construtiva

Intelog - Inteligência em Gestão Logística